Objetivo


segunda-feira, 11 de junho de 2018

GERAÇÃO COOPTADA POR DIRIGENTES

Estudantes da Universidade de Brasília.Este tipo de protesto
tem acontecido com frequência nas universidades públicas.
Estamos formando uma geração sem conteúdo e sem senso crítico nas nossas escolas e universidades. Tanto  escolas do ensino médio quanto as universidades foram aparelhadas e estão sendo dirigidas por diretores e reitores praticantes de ideologias que não reconhecem o Estado democrático de Direito e enganam dizendo que estão defendendo a democracia, quando na realidade defendem uma ditadura socialista. Sob o falso manto de inclusão social, respeito às diferenças, e uma caolha visão de direitos humanos  eles se locupletaram do sistema de ensino brasileiro . As associações e sindicatos de professores e funcionários em sua grande maioria está ligada à CUT. Vamos levar uns 50 anos para corrigir este dano catastrófico.
O Movimento Escola Sem Partidos visa resgatar o ensino médio e universitário brasileiros das mãos deste sistema lulopetismo ,que se transformou no maior esquema de roubalheira do Planeta. Eles sucatearam as universidades, quebraram a Petrobras, fundos de pensão, os bancos do Banco do Brasil , Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste e o BNDES que foram usados para abrir universidades, dar bolsas de estudos, emprestar dinheiro a pessoas, empresas e países que comungavam com sua ideologia. O rombo é gigantesco e vai demorar anos para o país sair desta crise sem precedentes.Isto vem acontecendo a bastante tempo. 
Lembro que fiz um concurso público de seleção para Professor Assistente da Faculdade de Comunicação, na Universidade Federal da Bahia. Foram exaustivas provas escritas e orais. Fui aprovado, e como exercia outra atividade fora da academia decidi optar pelo regime de 20 horas, recebendo metade do salário, isto porque a remuneração era muito baixa na Universidade. 
Para minha surpresa todos os semestres que se iniciava colocavam duas e até três disciplinas para ensinar, enquanto outros que optaram por 40 horas e eram ligados à esquerda  ensinavam apenas uma disciplina. Este cerco foi tanto que terminei desistindo e pedindo demissão. 
As coordenações eram ocupadas por pessoas ligadas às ideologias comunistas ou lulopetistas. Sendo que grande parte destes coordenadores nunca entrou ou trabalhou num veículo de comunicação. Eram teóricos da Comunicação ,sem qualquer experiência prática da profissão.
Assim,os alunos que saiam da Faculdade estavam despreparados para enfrentar o mercado de trabalho, e sentiam muita dificuldade de adaptação. Enquanto isto, os coordenadores e seus puxa-sacos arranjavam financiamentos da Capes e outros organismos para ganhar mais dinheiro em pesquisas que resultavam em nada aproveitável, já que dominavam os meandros da burocracia acadêmica. É isto que ainda acontece em grande escala na maioria das universidades deste país.

domingo, 3 de junho de 2018

CRIMINOSOS MATAM E AGRIDEM CAMINHONEIROS

Batistela morto brutalmente
 com uma pedra.Abaixo o
seu caminhão .
Caminhoneiro agredido
brutalmente em Tocantins
Assistimos pela televisão e redes sociais bandidos infiltrados entre os verdadeiros caminhoneiros e os obrigando a permanecer na greve, mesmo depois de atendidas suas reivindicações pelo Governo .
O caminhoneiro José Batistela que não participava da greve, tinha 70 anos, era autônomo e foi  assassinado em Rondônia, na BR-364 , com uma pedrada na cabeça. Uma barbaridade !
Outro   caminhoneiro foi agredido brutalmente por vários criminosos na BR-153, no município de Miranorte , região central de Tocantins . Os bandidos  o arrancaram da boleia , rasgaram sua camiseta e lhes deram vários socos e ponta pés.
Muitos caminhoneiros tiveram os caminhões , seu instrumento de trabalho, danificados com para-brisas e retrovisores quebrados , pneus furados, mangueiras cortadas, latarias amassadas, e um deles teve sua carga de verduras saqueada na região serrana do Rio de Janeiro. Logo no início da greve  dois caminhoneiros morreram de infarto ao serem obrigados
a aderir .
Portanto, foram  três vítimas fatais deste movimento grevista que descambou para a violência.
Militares garantem entrada dos caminhoneiros
no Porto de Santos.
Poucas cenas puderam ser filmadas porque os criminosos atacaram vários repórteres de emissoras de televisão, principalmente. As filmadas mostram a virulência com que agiam. Portanto, muitos outros crimes aconteceram longe do registro das câmeras das televisões e dos smartphones.
Estas atitudes são próprias de sociedades doentias, onde as pessoas são obrigadas a aderir a uma greve, e a imprensa é impedida de exercer as suas funções, porque este ou aquele veículo não apoia posições de determinadas corporações ou ideologias.
Isto é inadmissível e as autoridades precisam garantir o direito do  jornalista exercer livremente sua nobre função que é informar. Se não aceita a posição deste ou daquele veículo de comunicação a forma civilizada e democrática de reagir é não comprando aquele jornal ou revista, e não assistir ou ouvir aquela emissora de televisão ou rádio.

.

quarta-feira, 30 de maio de 2018

BANDIDOS BLOQUEIAM ESTRADAS

Em Santa Catarina, mesmo com a presença dos policiais,
os bandidos estavam agredindo os caminhoneiros
que queriam trabalhar, e danificando seus veículos
Estamos assistindo atônitos a ação de bandidos bloqueando estradas usando violência contra os caminhoneiros, e até mesmo enfrentando os policiais. Sabe por quê isto acontece? Porque alguns promotores, procuradores, juízes e outros profissionais, inclusive das forças policiais de tendências ideológicas radicais de esquerda e de direita os apoiam .
Eles não se expressam explicitamente mas, proíbem os policiais  no cumprimento de seu dever de usar balas de borracha contra os vândalos, como acontece em São Paulo, onde a Justiça vetou o uso de balas de borracha, e em outros estados. Os bandidos e vândalos podem lançar pedras enormes contra os policiais, e eles apenas bombas de gás. 
Chegam ao ponto de defender na mídia e nas redes sociais que os policiais só devem atirar depois dos bandidos terem atirado. Quer dizer, o policial tem que ser alvejado para depois de defender. E o pior é que as corregedorias das polícias foram transformadas em tribunais contra os policiais.
 Portanto, é cada vez mais perigoso e difícil exercer o trabalho de policial no Brasil. É uma total inversão de valores. Os bandidos têm todos os direitos e até salário maior que o mínimo quando estão  presos, e o policial é humilhado , lhe tiram a arma que é a sua ferramenta de trabalho, e o condenam dentro de sua própria corporação.
Uma desvantagem total. É preciso saber de que lado está a sociedade brasileira. Se do lado dos bandidos ou dos policiais que nos defendem. Nos morros e favelas, batizados pelos petistas e seus apoiadores de comunidades, existem uma conivência explícita de muitos moradores com traficantes e outros bandidos que lá mandam. Os cidadãos de bem ficam reféns desta gente e com isto é dificultada ainda mais a atuação dos policiais.
Quanto à mídia alarmista e esquerdopata, quer soluções mágicas. Dois dias depois da Intervenção no Rio de Janeiro já cobrava o fim da violência. Esquece que a violência tem décadas de crescimento anual. Lembro que Medellín, na Colômbia, levou 8 anos para se livrar da violência  e ainda hoje tem violência,mas numa escala bem menor.

domingo, 27 de maio de 2018

INTOLERÂNCIA E IMPACIÊNCIA

Muitas vezes as pessoas estão reunidas numa mesa  de bar
ou restaurante e todas vendo celulares
. ( Foto Google)
A intolerância e impaciência são duas palavras que hoje permeiam o comportamento social das pessoas neste princípio de século XXI. Nas salas das casas, nos restaurantes ,dentro dos carros e até mesmo no cinema, nas filas ou no elevador as pessoas quase não conversam, porque estão com os olhos pregados nas telinhas de seus smartphones ou tablets vendo e respondendo às últimas mensagens que lhes foram destinadas. 
Com isto, as conversas vão ficando mais escassas e curtas, com pouco conteúdo. A impaciência é geral e as pessoas não param e nem se interessam em escutar o que você tem a dizer.
Diariamente , costumo dar uma caminhada numa praça, e quando encontro um conhecido ou amigo quase sempre eles falam sem parar, a ponto de não poder expressar quase uma frase inteira. Parece que a conversa ou aquele assunto estava atravessado na garganta. Na primeira oportunidade que encontra um interlocutor, que se dispõe a ouvir, disparam a carretilha. 
A preocupação se está sendo ouvindo é tamanha, que às vezes se perde e esquece o que estava falando, porque já introduziu outro assunto no meio da conversa.
Não sei se você já observou ao fazer uma pergunta ou tocar num assunto ,se o seu interlocutor estiver lendo ou teclando uma mensagem que ele não para e não olha . Responde como se fosse um robô. Se você for uma pessoa sensível  ficará aborrecida ou mesmo vai se retirar do recinto.
A intolerância é ainda pior, porque ela se manifesta com certa violência e separa as pessoas. Desde o principio da humanidade que o homo sapiens nunca foi tolerante. Ao contrário, os registros históricos e antropológicos mostram que eram ainda mais intolerantes com seus semelhantes no passado. Muitas vezes, ao migrarem de um lugar para outro costumavam expulsar ou eliminar os antigos habitantes. Atualmente , esta intolerância tem se manifestado no trânsito das grandes cidades, nas discussões políticas e religiosas, etc. 
O conceito de convivência social  precisa ser fortalecido, e as pessoas precisam parar para ouvir seus interlocutores e respeitar as diferenças , que são muitas de um individuo para outro.

BRASIL NÃO PODE FICAR REFÉM


Os caminhoneiros com apoio das grandes empresas 
transportadoras causaram desabastecimento no país.
Os brasileiros assistem atônitos a greve dos caminhoneiros que paralisou boa parte da atividade econômica do país . Parados nas rodovias há sete dias eles provocaram o desabastecimento não apenas de combustíveis , mas de alimentos, medicamentos e outros itens essenciais ao funcionamento do país. Milhões de litros de leite foram jogados fora; milhares de aves já morreram de fome por falta de ração; toneladas de vários produtos se deterioraram e ficaram imprestáveis para o consumo e outros  deixaram de ser embarcados nos portos para exportação ; hospitais começam a sentir falta de produtos essenciais para seu funcionamento; cirurgias marcadas com meses de antecedência foram suspensas e não há combustíveis em milhares de postos espalhados por este Brasil afora. Os prejuízos são incalculáveis porque está afetando a grande maioria dos setores, e certamente vai gerar algum desemprego. 
Enfim, não lembro de ter vivido um transtorno igual ou semelhante a este no Brasil. Mas, quem é o responsável por este caos? A resposta é simples. Os políticos e governantes que elegemos e reelegemos sem nos preocupar com o que vão fazer por lá. Muitos votaram em senadores, deputados federais , estaduais , governadores,prefeitos e vereadores e nem lembram os nomes deles. Assim, eles se perpetuam no poder legislando em causa própria e roubando os cofres públicos, onde estiver o dinheiro que você paga de impostos . Estejam eles em Brasília, nos estados e municípios.
Vamos aos números . A Câmara Federal e o Senado custam em torno de R$ 28 milhões por dia; o Fundo Partidário já alcança R$ 1 bilhão e pode chegar até a R$ 6 bilhões este ano; os políticos gastam com passagens aéreas e diárias R$2,2 bilhões; existem 99,7 mil funcionários comissionados no Governo Federal e ainda recebem gratificações; o Governo gasta com prédios próprios e aluguéis R$1,6 bilhão; auxílio-moradia de juízes e procuradores ultrapassa R$4,3 bilhões.
Temos que lutar para diminuir o tamanho do Estado brasileiro, evitar reeleger estes políticos corruptos e fiscalizar a atuação do Executivo, do Legislativo, e também do Judiciário que foi aparelhado por estes políticos que estão ai.


A LIÇÃO
Combustíveis já faltam em milhares de postos espalhados
por todo o país. Esta imagem é em Salvador ( Foto Google)

Resta a lição de que o Brasil não pode ficar refém de uma corporação, seja ela qual for de motoristas, caminhoneiros,
bancários,ferroviários,metroviários,etc.
Tem que haver alternativas para estes casos de paralisações. Neste caso dos caminhoneiros o viável e necessário é a construção de modernas ferrovias que vão baratear os custos de circulação das mercadorias, e em consequência baixar os preços dos produtos e transportar passageiros corfortavelmente, com mais segurança e custos mais baixos .
Deixaram sucatear as nossas ferrovias e há décadas que não entra em operação um quilômetro sequer. A ferrovia Transnordestina com 1.700km ligando a cidade de Eliseu Martins, no Piauí, aos portos de Pecém, em Fortalez e  de Suape , em Pernambuco. Está paralisada, envolvida em corrupção, seu custo mais que dobrou já está por volta de R$ 6 bilhões , e ainda falta muito para ser concluída. Consta que a bitola dos trilhos não presta para receber trens modernos e que a qualidade é inferior , não suportando cargas muito pesadas. Portanto, já começou mal.
Temos que criar alternativas e incentivar a construção e  recuperação de nossas ferrovias . Existem apenas 26 mil Km de ferrovias enquanto os Estados Unidos dispõem de    293,564 mil Km; a China 124 mil; Alemanha 43,468 mil; Argentina 36,917 mil; Brasil apenas 29,850 mil e França 29,640. Portanto, perdemos até para a vizinha Argentina, sem falar na qualidade dos trens, tanto de passageiros como de carga que trafegam nas ferrovias destes países.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

GOVERNOS DA BAHIA DESPREZARAM A CULTURA

Até as assinaturas de jornais, tão importante para
 os pesquisadores foi suspensa recentemente.
Após quase 80 anos de funcionamento o
Instituto Mauá foi impiedosamente fechado.
Está mais do que provado que os petistas não gostam de cultura. Eles curtem àqueles sons e peças transgressores, onde uma criança manipula o corpo de um homem nu ,mulheres mostrando os seios ou até mesmo fazendo suas necessidades nas ruas protestando contra os que não apoiam suas ideias.
As redes sociais estão ai cheias deste tipo de manifestação que para os esquerdopatas é arte. Isto acontece não somente nas ruas como também  nas universidades, hoje, aparelhadas por corporações que não estão nem ai pro ensino regular. O que interessa é catequizar os alunos para suas ideologias retrógradas marxistas. Nas escolas secundárias e fundamentais mudam o ensino e abordagem da História do país com inserção de assuntos com visão esquerdista. Não estão preocupados com o fato histórico em si. Tudo dominado.
Mas, voltando à cultura propriamente dita vamos falar da nossa Bahia, que retroagiu  uns 20 anos atrás com as administrações petistas.

O Museu Wanderley Pinho,outro abandonado pelas
últimas administrações do Estado.




Os museus estão à míngua; a Biblioteca Central, uma das mais importantes do país foi abandonada; o artesanato esquecido, e o Instituto Mauá, que incentivava os artesãos de todo o Estado foi fechado; o Centro de Convenções, onde se realizavam congressos de todos os segmentos desabou. 
Veja que a situação é tão vexatória que ninguém fala em cultura na Bahia. Os poucos incentivos que existem são necessariamente voltados para pessoas e assuntos ligados aos valores petistas e seus apoiadores. Tudo é devidamente feito como se fosse normal, e quase ninguém fora deste esquema consegue patrocínio oficial.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

FIOS DE OPERADORAS DE TELEFONIA ENFEIAM A CIDADE

Veja como o emaranhado de
fios domina o visual urbano.
De outro ângulo os horrendos
feixes de fios 
As operadores de telefonia estão abusando e agindo livremente em Salvador sem que a Prefeitura ou qualquer outro órgão obriguem a melhorar a colocação de fios utilizando o postes da Coelba. 
É uma vergonha o emaranhado de fios colocados de qualquer jeito,imitando o que fazem os moradores de favelas que vão fazendo "gatos" e criando verdadeiros labirintos de fios.
 Até nas novas avenidas, a exemplo da  Avenida Tancredo Neves, hoje, um centro financeiro e comercial da Cidade, ocorre sem qualquer ação municipal ou estadual. 
Isto tem contribuído para enfeiar a cidade , além do perigo que representa para a população. 
Já vi várias vezes estes fios impedindo o tráfego de veículos e outros quebrados largados nos passeios causando apreensão nos transeuntes e motoristas. 
Esta situação só acontece nas cidades onde  não se obedece aos mínimos padrões de civilidade. Nunca soube de uma ação da Prefeitura junto às operadoras de telefonia, nem tampouco da própria concessionária de eletricidade a Coelba de exigir o mínimo de segurança e estética por parte das operadores, que soube lhes pagam uma taxa para utilizar o posteamento para amarrar seus feixes de fios horrendos.
Estes dois postes,quase geminados ,estão defronte à
agência do  Bradesco na Av.Tancredo Neves.
Incrível também que nunca vi um urbanista, ou mesmo uma entidade de classe como o Instituto dos Arquitetos se manifestar sobre esta prática abusiva que contribui e prejudica a estética urbana. Tem locais que é tanto fio que a gente tem dificuldade de olhar um prédio ou mesmo uma placa de sinalização. 

Projeto

Acabo de ler que foi aprovado um projeto de lei de autoria do deputado Ângelo Coronel ( PSD) , atual presidente da Assembléia Legislativa da Bahia obrigando a Coelba no prazo de cinco anos a tomar providências para tornar toda sua rede elétrica subterrânea. 
Segundo o deputado “Vamos evitar aquele emaranhado de fios pendurados pela cidade. Nos grandes centros, a tendência é a fiação ser subterrânea. Não podemos ficar arraigados a coisas ultrapassadas. Para modernizar, tem que ter coragem”. Vamos apoiar esta iniciativa legislativa.







sexta-feira, 27 de abril de 2018

NOVA TENTATIVA DE ESVAZIAR A LAVA-JATO

Decisões polêmicas desses três ministros que
integram a Segunda Turma do STF
Os ministros Dias Tófolli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes ( foto ao lado) resolveram extrapolar e determinar que as denúncias feitas pelos diretores e funcionários da Odebrecht sobre o sítio de Atibaia sejam remetidas para São Paulo.Para muitos estudiosos do Direito é uma  clara tentativa de esvaziar o processo que envolve o ex-presidente Lula.
Já condenado a 12,1 anos por corrupção e lavagem de dinheiro, preso na sede da Polícia Federal em Curitiba o Lula é réu acusado de ter recebido R$ 1 milhão em propina da Odebrecht, OAS e Schain através das reformas do Sítio Santa Bárbara,em Atibaia frequentado pelo petista e sua família onde os policiais encontraram vários objetos de uso pessoais.
Outro processo trata do pagamento de R$12,9 milhões em vantagens indevidas pagas pela Odebrecht por meio das compras de um terreno que abrigaria o Instituto Lula, em São Paulo, e de uma cobertura vizinha à de Lula no prédio onde ele mora em São Bernardo do Campo.
Dizem que os depoimentos são ricos em detalhes e incriminam o ex-presidente,e parte deles estão ai nas redes sociais para qualquer um ler. Mas, o juiz Sérgio Moro poderá compartilhar ou retomar novos depoimentos a fim de robustecer o processo .
 Estas decisões são consideradas no meio jurídico como esdrúxulas tomadas por membros da Segunda Turma do STF,e  vêm provocando insegurança jurídica no país.