Objetivo


sexta-feira, 25 de março de 2016

NÃO VAI TER GOLPE !

Dilma o nome é impeachment constitucional
Claro que não vai ter golpe. Esta afirmação constante virou um mantra dos desesperados petistas e seus apoiadores. É nas passeatas, nas salas repletas de camisas vermelhas e nos encontros de uspinianos que eles erguem o punho, lembrando nazistas em saudação, e repetem em coro: não vai ter golpe !
O golpe está na cabeça deles, que são capazes de mentir,distorcer, inventar e até falsificar fotos como aconteceu nas últimas manifestações, quando um líder petista postou  uma fotomontagem nas redes sociais usando uma imagem da Coreia do Sul. Observe que não foi a Coreia do Norte comunista, onde as pessoas morrem até de fome em detrimento de muito dinheiro canalizado para os militares.
Não vai ter golpe, porque os brasileiros conscientes prezam a Constituição e exigem que seja cumprido todo o rito que o STF traçou para que o impeachment chegue ao seu final com os brasileiros e o Brasil se livrando desta senhora incompetente, que é a personificação da crise.

O ministro em suspensão está vendo fantasmas ou delirando.
Quanto ao ministro da Casa Civil em suspensão e, agora, chamado de "assessor especial", o problema dele é com a Lava Jato. Por enquanto, está em banho-maria até as coisas se definirem. Com sua grande expertise ele avançou contra o PMDB , mas perdeu . Ao que tudo indica o partido vai mesmo desembarcar na próxima terça-feira, antes que o barco naufrague e, leve todos para o fundo de um lago enlameado.
Já a Dilma abriu várias frentes. Dizem os estrategistas que não é recomendável abrir várias frentes de luta ao mesmo tempo. Ela convocou os correspondentes estrangeiros, estes já acostumados com as suas ações maniqueistas e marqueteiras não foram na onda dela de que não vai ter golpe. As matérias publicadas, em sua grande maioria apenas relata a preocupação da senhora incompetente e disseram que estava calma. Deus sabe a custa de quantos remédios pra enfrentar os jornalistas, porque os relatos palacianos dão conta de chutes em cadeiras, copos quebrados e outras coisitas más.
Abriu outra frente contra a Justiça brasileira, especialmente contra o juiz Sérgio Moro, porque mandou investigar seu padrinho político. Abriu frente contra o TCU, recentemente. Agora corre o risco de ser investigada , estando dependendo apenas do pronunciamento do Procurador Geral da República. Portanto, há possibilidade de uma nova frente de luta. Finalmente, contra os milhões de manifestantes que saíram às ruas pedindo seu afastamento imediato.Haja disposição para tanta frente de luta.O pior é
que o final já conhecemos..
Postar um comentário