Objetivo


terça-feira, 29 de novembro de 2011

CONSUMIDOR - TELEFÔNICAS IMPRESTÁVEIS

OPINIÃO

Reynivaldo Brito

As operadoras de telefones e de tvs a cabo batem recordes de reclamações. Os call centers são verdadeiros caldeirões do inferno. Mulheres e homens com vozes ensaboadas repetem como robôs respostas previsíveis. Quase nada resolvem e, você vai acumulando uma série de protocolos que nada valem.
Enfrentei dois problemas desde o último dia 22 de novembro do ano passado . O primeiro foi a Vivo, que decidiu por conta própria mudar meu plano do celular, que tinha há mais de 15 anos.
Sem qualquer comunicação, este plano pós pago se transformou em pré pago! A empresa não sabe dizer quem solicitou esta mudança. Pode? Isto me causou um prejuizo grande, porque meu celular passou mais de 15 dias só recebendo ligação. Virou um pai-de-santo, só recebia...
Tive que mudar de plano por imposição da operadora. Dei várias queixas a Anatel e nada resolveu. A Anatel virou um cabide de emprego sem qualquer poder de ação em defesa do consumidor.
O outro foi com a Embratel , que com certeza é uma das piores operadoras do país. Vive ai capengando. O telefone fixo de uma das lojas que tenho simplesmente ficou dando sinal de comunicação durante quase 30 dias! Fiz várias reclamações e nada foi resolvido.Decidi pedi a portabilidade para a Oi, esperei mais 10 dias de nada! A solução foi pedir um novo telefone a Oi que em poucos dias instalou , inclusive a internet. Como se pode ver para vender um novo plano elas agem com rapidez.
A Embratel ficou num jogo de empurra dizendo que havia um problema no comercial, depois virou um problema da fibra ótica da empresa que partiu e, em seguida silenciaram.O que adiantou as reclamações para a Anatel. Nada.
Quem vai ressarcir o meu prejuizo?
Aconselharam-me a procurar o Procon e o Juizado de Pequenas Causas .Tentei o Juizado , mas audiência só lá pro final de 2012. Desisti.
E, ainda dizem que somos a sexta economia do mundo. Para sermos um país civilizado falta muito.
Postar um comentário