Objetivo


terça-feira, 28 de outubro de 2014

OLHAR










OLHAR

Olho para o infinito
Vejo sombras e escuridão
Findas juventude trepidante
Maturidade estressante
Chega velhice, claudicante
Vejo indiferenças, individualidades
Temo horizonte incerto
Carrego  fragilidades
físicas e emocionais
Dor mistura de solidão
Só minha.
A ser vivida no breve período
Que ainda me resta.

                 27-09-2014.
Postar um comentário