Objetivo


quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

CONSELHÃO AGORA TEM 92 MEMBROS !


Depois de procurar e procurar consegui encontrar uma novidade neste Conselhão convocado pela Dilma Roussef . É  que aumentou de tamanho. Em 2003 eram 90 membros, agora, são 92.O resto do seu discurso foi repetitivo insistindo na tão odiada CPMF e, também, na reforma da Previdência, que o próprio partido dela  é contra.
Exibindo seu tradicional pimpão movido a laquê a Dilma leu um discurso confuso e cheio de frases repetidas e desacreditadas. Já o presidente do Bradesco fez a saudação em nome do Conselhão naquela visão de banqueiro que quer sempre cobrar mais juros e encalacrar o pobre do cliente. Parecia até que o banqueiro era o Presidente da República tal a veemência com que discursou mostrando um horizonte colorido, quando todos nós que vamos aos supermercados e às feiras sabemos que a situação está muito difícil para o brasileiro comum.
 Banqueiro ganha dinheiro quando a economia vai bem ou mal. Os juros sobem e os lucros são sempre estrastosféricos.Eles só perdem quando se envolvem com ações fraudulentas. O que não é o caso.
O Wagner fez o papel de mestre de cerimônias recebendo os empresários, àqueles mesmos que gostam de ficar na aba do governo e que não sabem andar com as próprias pernas. Qualquer sinal do governante de plantão lá estão eles todos empedernidos com aqueles mesmos discursos de que é preciso salvar a indústria nacional, etc.. Quando estão faturando, aumentam os preços ao bel prazer e seus clientes que se danem.
O nome Conselhão já diz tudo. Como é que vai ouvir um grupo de 92 pessoas? Aliás, Dilma gosta de reuniões com muita gente, Observe que são nada menos de 31 ministérios. Qual o tempo disponível que ela tem pra ouvir todos esses ministros , sem contar chefes de Estado, diplomatas , políticos e muitas outras pessoas que a procuram? Isto simplesmente gera ineficiência e corrupção.
Foi anunciado um dinheirame para o crédito .Portanto, estão cometendo os mesmos erros do Mantega, só que agora o autor é o Barbosa .
Nada menos que 58 milhões de brasileiros estão endividados. O pior é que este dinheiro é aquele mesmo das pedaladas fiscais que foi pago aos bancos oficiais e, agora formatado pelos bancos em forma de crédito para pequenas empresas,agricultores e ao consumidor. Estão  mexendo no FGTS , que já é um fundo  mal remunerado e prejudica o trabalhador. Estão emprestando tendo como garantia o  dinheiro do FGTS. Agora é que a coisa vai piorar de vez.
Finalizando, nada de novo no reino da Dinamarca. Continuamos a caminho do brejo.
Postar um comentário