Objetivo


sábado, 5 de março de 2016

A RESSACA DE UM DEPOIMENTO

Este valentão ai agrediu um fotógrafo que registrava os protestos
Assistimos na última sexta-feira, dia 4 de março a 24ª Operação da Lava-Jato que levou
coercitivamente o ex-presidente Lula pra depor, além de outros personagens ligados a ele. Esta condução coercitiva no meu entendimento foi necessária e importante pra mostrar pra Lula que ele não está acima da lei e, também, para os seguidores do lulapetismo. 
O Brasil ainda é uma democracia.As babozeiras e piadas, muitas vezes grosseiras, que ele lançou em suas falas pós-depoimento pros simpatizantes não surtem efeito entre o povo brasileiro. Apenas entre os mesmos camisas-vermelhas que o bajulam e  idolatram, porque muitos deles são funcionários de sindicatos, movimentos sociais bancados pelos cofres públicos e, empregados em vários órgãos do governo. Vivem às custas deste governo populista fracassado .
Vi ainda pasmo uma presidente da República, incompetente, que não tem legitimidade do seu mandato, porque segundo as últimas denúncias, teve parte de sua campanha financiada com propina da Petrobras - essas denúncias estão lá nos autos dos processos da Lava-Jato - acenando da sacada do apartamento do Lula.
Esta senhora titubeante saiu de suas funções para ir ao apartamento do Lula em São Bernardo do Campo. O tal encontro não foi naquele triplex debruçado sobre o mar de Guarujá, que ele insiste dizer que não lhe pertence...
Pergunto o que foi a Dilma fazer lá? A popularidade dela é menos de 5% e o Lula tem um a rejeição acima de 63%. Um encontro de dois impopulares.Com certeza,depois desses novos episódios a popularidade desta dupla vai piorar ainda mais. 
Este motoqueiro foi agredido em frente ao apartamento do Lula
Registramos também o comportamento antidemocrático dos lulapetistas agredindo as pessoas que protestavam em apoio a Operação Lava-Jato. Em frente ao apartamento do ex-presidente um deles de corpo avantajado, vestido numa camisa vermelha agrediu covardemente um fotógrafo que registrava as cenas; houveram mais agressões no Aeroporto de Congonhas e, também, na Avenida Paulista quando chegaram a derrubar uma senhora no chão e rasgaram a bandeira do Brasil que ela desfraldava.
O lulapetismo é como uma seita que congrega pessoas de mentes atrasadas e até doentias. Eles não toleram o contraditório e partem pra agressão. Como estamos numa democracia cabe as forças de segurança proteger a livre manifestação, que está garantida em nossa Constiuição.
Em que os lulapetistas mais falam é em democracia, mas. eles são antidemocráticos e querem instalar um  governo totalitário.


Postar um comentário