Objetivo


sexta-feira, 2 de março de 2018

MANIFESTAÇÕES INCONSEQUENTES

Vemos a Avnida Garibaldi interditada nas duas pistas e a PM assistia.
Estamos num país onde um punhado de pessoas inconformadas com alguma coisa, simplesmente joga pneus velhos, latas de lixo , galhos de árvores e outros materiais imprestáveis nos leitos das avenidas e rodovias , de preferência que tenham um tráfego de veículos intenso. A interdição sempre acaba num incêndio dos materiais poluindo o ambiente e causando danos ao asfalto.Ali ficam gritando desesperadamente slogans que somente a eles interessam, mas prejudicam a vida de centenas e às vezes até milhares de pessoas que ficam impedidas no seu direito constitucional de ir e vir. Se alguém tenta romper a barreira é impedido com pedradas e pauladas no carro ou na própria pessoa.
Na manhã de ontem, exatamente na hora do rush um grupelho ,que soube ser professores municipais ,interditou a Avenida Garibaldi. Ali funcionam dois hospitais o Jorge Valente e o Cardio Pulmonar, prédios onde localizadas várias clínicas, além de ser passagem de quem vem do Centro com destino à orla ,e também que vem do Norte da cidade com destino ao Centro e outros bairros como Barra,Federação, dentre outros. A avenida virou um caos e a polícia militar assistia tudo sem tomar qualquer medida. Sabemos que estes sindicatos de professores são comandados pela CUT , portanto ,um braço do PT, que por mais justa que seja a reivindicação a maneira foi imprópria e prejudicial a quem não tem nada com isto.
Outra coisa, que infelizmente virou rotina nas grandes cidades brasileiras é a queima de ônibus e outros equipamentos urbanos. Toda esta radicalização prejudica a população mais pobe que usa o transporte coletivo e outros equipamentos .
Postar um comentário