Objetivo


terça-feira, 28 de maio de 2013

CRIMINOSOS AO VOLANTE DE ÔNIBUS




Vejam a violência da batida dos ônibus na Av. Vasco da Gama
Além de reivindicar aumento de salários e do valor das  passagens, os rodoviários e proprietários de empresas de ônibus e suas entidades representativas precisam elaborar um programa conjunto visando reciclar os motoristas e cobradores. Nos últimos meses vários  acidentes foram registrados causando vítimas inocentes e a maioria por irresponsabilidade de motoristas. Vamos relembrar quatro deles . 1) O ônibus da empresa Dois de Julho,  dirigido em alta velocidade pelo motorista Gilmar Gonçalves Soares, 46 anos, invadiu o outro lado da pista  colidindo contra 4 carros, causando ferimentos em várias pessoas e a morte da  médica Vera Lucia Mello Ramos de Almeida, que morreu esmagada dentro de seu veículo. Isto ocorreu em frente ao Supermercado Bom Preço, na Avenida Otávio Mangabeira.
2) O motorista de ônibus Josival Pinho esmagou médico Raimundo Pereira da Silva Filho, e sua irmã  na Estrada do Coco, no município de Lauro de Freitas, causando lesões graves.
 3) No dia 14 de abril último o motorista do ônibus da BTU, Fernando Gomes de Oliveira ,colidiu com outro ônibus causando a morte de 4 inocentes passageiros. O acidente ocorreu numa via expressa, exclusiva para ônibus. 
4) No dia 26, por volta das 12 horas, o motorista do ônibus da BTU de prefixo 3953 , Hilton Márcio de Souza Guimarães bateu de frente com outro da empresa Joevanza causando ferimentos em 20 pessoas, sendo duas em estado grave. Este acidente ocorreu na mesma via expressa que fica na Avenida Vasco da Gama, recentemente restaurada.(Foto)
Vejam que são apenas quatro acidentes, numa estatística de dezenas de outros só em Salvador.
Nas estradas a situação é a mesma. Na semana passada um ônibus da empresa Águia Branca capotou matando 9 pessoas no trecho entre a cidade de Teixeira de Freitas e o povoado de Posto da Mata. Várias pessoas também ficaram feridas, algumas em estado grave.
Estes exemplos bastam para que alertemos as autoridades de que alguma coisa tem que ser feita com urgência para que vidas sejam poupadas.
Quem anda nas ruas de Salvador está cansado de observar que os motoristas de ônibus fazem ultrapassagens perigosas, andam na contramão e em velocidade excessiva. Se desejam confirmar o que afirmamos basta ficar a partir das 19 horas circulando pelas avenidas Otávio Mangabeira, Suburbana, Centenário  e outras,  que irão flagrar até mesmo ônibus fazendo pega.
Quanto à fiscalização é fraca e quase ausente.
É preciso reciclar esta gente e retirar de circulação àqueles motoristas que não têm condições psicológicas, responsabilidade e o mínimo de civilidade para transportar passageiros. São vidas que são ceifadas por criminosos ao volante , deixando famílias inteiras entristecidas e desamparadas, enquanto eles ficam impunes para cometer novos crimes.
Com a palavra o Governador, a Assembleia  Legislativa, o Prefeito, a Câmara Municipal e  as entidades representativas de empresários e motoristas.
Postar um comentário