Objetivo


sexta-feira, 16 de agosto de 2013

É PRECISO COMBATER OS MARGINAIS MASCARADOS

Uma cena que já tornou comum. Muita gente
fotografando e ele nem ai.A sociedade precisa reagir.
Já estamos fartos de  assistir  vândalos, marginais, ladrões, saqueadores e outros grupos do mesmo quilate invadindo prédios públicos e privados, quebrando placas e postes de sinalização, roubando e agredindo policiais os quais são compelidos a reagir. No dia seguinte  nas redes sociais ou mesmo nas páginas dos jornais e telejornais todos estão demonizando os policiais como se eles fossem responsáveis pela violência. Eles estão ali postados para preservar o patrimônio público e privado, o direito de ir e vir , e da ordem pública.
Nós jornalistas quando noticiamos esses conflitos geralmente temos uma tendência em defender os mais fracos e, assim os policiais quase sempre são acusados de ultrapassarem os limites do bom senso.
Mas, é preciso que a gente saiba que, num momento de grande emoção, em tumultos generalizados, é muito improvável que o ser humano, por mais preparado que seja, não reaja com  força quando sua integridade ou de seus colegas estão ameaçadas. Não existe um termômetro para medir o momento de uma reação maior ou menor.
Qual a intenção de um indivíduo que sai às ruas mascarado?
O que é preciso é identificar todos os que se apresentarem com máscaras nessas manifestações. As reclamações estão muito difusas e as demandas inúmeras. Os organizadores de manifestações devem fazer um trabalho para isolar estes grupelhos que se aproveitam da ocasião para causar tumulto, roubos, ferimentos das pessoas e até mesmo de policiais. São pessoas que não têm borda ou civilidade. Defendem o caos e isto é prejudicial a democracia que tanto lutamos para implantar.
Quando alguém se posiciona contra esses marginais vem logo os falsos ideólogos  afirmar que é pensamento da direita.Não, é pensamento de gente civilizada que é contra a violência em todos os níveis.

Agora estão aparecendo umas bandeiras vermelhas e pretas identificando alguns partidos políticos radicais e outros grupos anarquistas. A sociedade civil deve estar atenta para estes movimentos radicais porque isto nada constrói. Basta acompanhar a tal "primavera árabe" que está levando a guerra civil e o recrudescimento de ditaduras em vários países. Dizer que este perigo não existe aqui é não querer enxergar. O perigo existe, basta que surjam algumas vítimas, que a bandeira da revolta estará hasteada. Esperemos que isto não ocorra.
É preciso combater a corrupção, exigir melhores serviços de saúde, educação e mobilidade social. É preciso colocar os mensaleiros, corruptos e políticos ladrões na cadeia.É preciso apurar e punir os ladrões do cartel em São Paulo e se existirem em outros estados.
 É verdade   que este Congresso que aí está não nos representam. Estão ai  porque compraram votos, vivem no toma lá e me dê cá, e estão se lixando para a população. Temos que dar o troco nas próximas eleições.Esta sim, uma grande arma do cidadão! Fotos Google
Postar um comentário