Objetivo


segunda-feira, 30 de setembro de 2013

AUMENTO DE 35% DO IPTU É ESCORCHANTE - É HORA DE PROTESTAR !

Estamos vivendo numa cidade onde as ruas e avenidas estão esburacadas ou transformadas em verdadeiros tobogãs, devido as emendas mal feitas no asfalto;o transporte coletivo é caótico; centenas de ruas e avenidas não são varridas ; as calçadas não existem ou estão completamente esburacadas e irregulares, dificultando o acesso a idosos e cadeirantes e a iluminação pública é deficiente .Sem falar na saúde,, educação e segurança
A população elegeu um novo prefeito e acreditou que as coisas iam melhorar. Todos sabem que a situação financeira da Prefeitura é muito ruim, pois, a administração passada foi um exemplo de caos. Mas, não justifica o aumento abusivo do IPTU.Esta até agora foi a ação mais visível do atual prefeito ACM Neto.
O sub-secretário George Tormin disse aos jornais locais  que os imóveis residenciais em Salvador não terão reajuste maior do que 14,1% do IPTU, como se este aumento fosse pequeno. Pergunto a este senhor: quanto aumentou o salário do trabalhador e  do servidor público? Certamente ele sabe que não chegou a 7%, portanto, o aumento é escorchante e não justifica, porque os serviços oferecidos pela Prefeitura são de péssima qualidade.
Sabemos que a lei  foi aprovada pelos vereadores, que mamam nas tetas da Prefeitura, e que este aumento vai até 35% . Eles aprovaram, porque seus salários são altos e estão se lixando para a população.
Já o sr. Tormin está afirmando que o IPTU dos imóveis residenciais não passarão de 14,%, incluindo ai o desconto de 10% que será concedido aos que se recadastraram. Ora, após o ano do cadastramento, o valor será o estipulado no aumento, mais um novo aumento que certamente virá no ano seguinte. São aumentos cumulativos e escorchantes.
Por falar em recadastramento é uma vergonha a situação das pessoas que estão comparecendo aos Sacs e outros locais para entregar os documentos.O contribuinte está enfrentando  filas quilométricas, sem qualquer funcionário que instrua as pessoas que chegam e ficam perdidas sem saber o que fazer. Este prazo tem que ser estendido e, é preciso lembrar que não estamos mais na ditadura para ameaçar o contribuinte de punição e multa. O prazo dado foi pequeno e precisa ser prorrogado, com urgência. Vamos aguardar.
Postar um comentário