Objetivo


quinta-feira, 3 de julho de 2014

CORREIOS TEM SEDE INTERDITADA DESDE O DIA 27 DE JUNHO

O prédio dos Correios necessita
de uma reforma urgente  
A má gestão petista mais uma vez está estampada com a interdição da imponente sede dos Correios, na Avenida Paulo VI, em Salvador,  desde o último dia 27 por falta de energia . Revelaram os funcionários, que estão revoltados porque o verdadeiro motivo da interdição é que desde que foi construído há mais de 20 anos, o prédio nunca sofreu uma reforma significativa. Adiantaram ainda  que diariamente o imóvel, entre outras deficiências gritantes, vem  registrando quedas de energia , paralisando totalmente ou parcialmente os serviços em prejuízo para a estatal e para os clientes.
Ontem, dia 3, por volta das 17 horas, estive na sede tentando obter informação de uma encomenda que tinha postado no dia 26 de junho e, segundo o rastreamento que fiz no site dos Correios,pela internet, a mesma ainda não tinha saído do lugar. Isto porque os serviços estão paralisados .
Por todos os espaços do prédio você percebe o acúmulo de correspondências e pacotes. Segundo informações mais de 1.450 mil correspondências estão aguardando para serem encaminhadas. Os funcionários ficam matando o tempo de braços cruzados papeando do lado de fora do prédio à espera da hora de voltar pra casa.
Fios expostos mostram o risco
 de incêndio, como acontece
em prédios velhos.
A deficiência do prédio é percebida há algum tempo. A porta giratória da entrada principal  gira com dificuldade, é pesada e, o cliente sente  logo a falta de manutenção. Muitos  funcionários estão desmotivados, e isto é demonstrado nos  guichês de atendimento.

ESCÂNDALO DOS CORREIOS

A Empresa Brasileira de Correios e telégrafos - EBCT  foi o pivô do escândalo do mensalão e, recentemente, foi alvo de novas denúncias desta vez na Diretoria Regional do Rio de Janeiro,onde a Polícia Federal está investigando irregularidades no Plano de Saúde da estatal. O caso  está também sendo acompanhado pela Controladoria Geral da União - CGU
Conhecido por Escândalo dos Correios, aconteceu em maio de 2005, quando foi exibido um vídeo na televisão mostrando o funcionário da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos , Maurício Marinho, negociando propina com um empresário para participar de uma licitação. Segundo ele a negociação era respaldada pelo deputado federal Roberto Jefferson,que hoje está preso.
Esta gravação foi feita por Joel Santos Filho a mando do bicheiro Carlinhos Cachoeira.Assim, o funcionário dos Correios foi flagrado recebendo dinheiro da propina e colocando no bolso. Foi instalada uma CPI que terminou desaguando no Mensalão e na prisão dos políticos envolvidos em irregularidades  entre eles José Dirceu, Genoíno, Delúbio Soares, dentre outros.
Fotos Reynivaldo Brito




Postar um comentário