Objetivo


terça-feira, 15 de julho de 2014

VAMOS SER MAIS GENTIS NO DIA A DIA


O baiano já recepciona o visitante logo que desembarca
 no Aeroporto Dois de Julho
Com a festa da Copa do Mundo em 12 capitais do país o brasileiro  se esforçou para receber bem os turistas que nos visitaram.  Observei que existia uma disposição e esforço para serem  gentis e civilizados com os estrangeiros, o que deve ser aplaudido e festejado . Porém, esta  gentileza não se observa no dia a dia de nossas cidades. Também, ela não podia ser uma reverência piegas, como se nós brasileiros estivéssemos diante de seres extraordinários. Não, eles trouxeram também suas mazelas, alguns são criminosos infiltrados, outros aproveitadores atrás de sexo fácil  e, muitos querendo levar vantagem. Eu assisti uma cena na Fonte Nova no jogo entre EUA X Bélgica onde dois jovens americanos insistiam em ficar em pé atrapalhando a visão dos demais torcedores. Foi preciso a segurança do estádio vir e mandar que sentassem em suas cadeiras .Eles reagiram mostrando o dedo num gesto indecente.
 É verdade que a maioria deles era  pessoas de bem que vieram curtir a Copa em nosso país e, o fizeram com respeito e civilidade. Portanto, é chegada a hora de compreendermos este momento e mudarmos o nosso comportamento para melhor!
Vamos por parte:
1. No trânsito muitos brasileiros  tem se comportado com agressividade, fazendo ultrapassagens perigosas, xingando, não permitindo que o outro que está sinalizando entre na frente,e até saem do carro para discutir e brigar. Alguns crimes ocorrem com certa frequência, devido a discussões no trânsito.
Quando ocorre uma colisão todos os envolvidos dizem que tem razão, mesmo que tenham cometido um erro grosseiro.Não obedecem aos sinais de trânsito; invadem faixas duplas nas rodovias ; dão contramão, param em cima das faixas de pedestre, dos passeios e em vagas de destinadas a pessoas com necessidades especiais  ou até mesmo em frente as garagens .
2.No transporte coletivo vemos diariamente  tristes cenas de vandalismo e depredações. Senhoras são empurradas e  idosos desrespeitados. Isto chegou a tal ponto que nem mesmo os vagões de trens e metrôs destinados exclusivamente às mulheres são respeitados. Os homens invadem esses vagões.
Quando os ônibus, trens e metrôs estão lotados muitos se aproveitam para abusar das mulheres. Uma vergonha para um país que busca uma maior visibilidade no cenário internacional.
3.Nas filas a situação não é melhor. Chegam de fininho  utilizando todo tipo de artimanha, como por exemplo, cumprimentando um  amigo e ficando ali papeando até a hora de ser atendido na frente dos demais.  Também, não respeitam as vagas reservadas para idosos e deficientes físicos nas filas e estacionamentos .Cenas de invasões são observadas nos shoppings, cinemas, supermercados, bancos,terminais de ônibus, barcas etc
4.Fazem suas necessidades em qualquer local. Tanto pedestres quanto os motoristas que param os veículos nas vias públicas e  às vezes nem procuram ser discretos. Quem está passando que procure desviar o olhar. Isto não ocorre apenas durante o carnaval ou em outras festas com grandes aglomerações.Não, diariamente encontramos os mijões por toda a parte.
5.Jogam todo tipo de objetos nas ruas, nas praias, nos rios e muitos nem acondicionam o lixo que produzem em seus escritórios e casas. Jogam nas ruas , entupindo o bueiros em época de chuvas , provocando alagamentos. Os rios e córregos que cortam nossas cidades estão transformados em esgotos a céu aberto. As baías de Guanabara e  Todos os Santos recebem toneladas e toneladas de lixo todos os dias.
Logo conclui-se que é falsa a ideia de que todo brasileiro é cordial, gentil e educado. Estamos precisando ser mais educados, ter mais compaixão e respeito pelos outros. Estas atitudes listadas acima mostram não só  falta de educação e que temos de nos esforçar  para sermos  mais  gentis e tolerantes   no dia a dia nas nossas casas e nos ambientes públicos.
A afirmação do historiador Sérgio Buarque de Holanda ( 1902-1982) no seu livro Raízes do Brasil, de que o brasileiro é cordial já foi muito discutida,contestada e interpretada de várias formas. Todos nós sabemos que não se pode dizer que uma população de 200 milhões de pessoas é composta somente por indivíduos  cordiais ou gentis. Existe uma multiplicidade de caráter nesta população aliada a especificidade de cada indivíduo. Vale a pena nos esforçar para recebermos bem os visitantes e mostrar o lado positivo de nosso país. É também importante, principalmente, que nós brasileiros, nos relacionemos  no dia a dia com gentileza,compaixão e repeito pelo outro.



Postar um comentário