Objetivo


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

EXPLORAÇÃO DOS ESTACIONAMENTOS DA CIDADE

Os baianos residentes em Salvador estão enfrentando diariamente mais um problema. São os estacionamentos particulares que se multiplicaram como a zica e, estão em todos os espaços possíveis. Se você vai ao shopping , ao dentista, médico, advogado ou tratar qualquer outro assunto com um profissional é obrigado a usar o estacionamento pago que cobram preços absurdos.
Hoje, fui ao médico a estacionei no Salvador Trade Center, que tem um dos estacionamentos mais caros da cidade. Ao sair paguei R$17,00. Entrei às 9:25 e sai às 12:04, portanto, permaneci 2 horas e 39 minutos. 
Se o médico atrasar em lhe atender ou você chegar um pouco antes , além de tomar um chá de cadeira  ainda vai desembolsar mais dinheiro. 
Não justifica o preço exorbitante cobrado a alguém que vai ser atendido por um prestador de serviço ali estabelecido. 
Muitos desses estacionamentos estão localizados em garagens de prédios construídos há algumas décadas e, os espaços oferecidos são via de regra espremidos entre colunas. O motorista de um carro de tamanho médio já sente dificuldades para estacionar e, se for uma camionete passa por momentos vexatórios,sendo obrigado a fazer várias manobras para estacionar ou sair.
No Pituba Parque Center está sendo feita uma reforma no estacionamento, onde  colocaram os guichês de entrada e saída tão perto um do outro que até os motoristas de carros pequenos estão tendo dificuldades em entrar e, principalmente em sair.
Embora particulares é preciso existir alguma normatização porque parece que o mercado por si só  não vai se ajustar tão cedo .A ganância está prevalecendo. Oferecem um péssimo serviço e cobram caro.









 
Postar um comentário