Objetivo


sábado, 8 de fevereiro de 2014

PROCURADOR QUER AZEREDO NA PRISÃO

Supremo decidirá se Eduardo Azeredo é culpado
Foto Google
O Procurador-geral da República , Rodrigo Janot enviou ontem, dia 7, ao Supremo Federal uma petição com 84 páginas solicitando a prisão por 22 anos e pagamento de uma multa de R$2,2 milhões do ex-governador de Minas Gerais e atual deputado federal, PSDB,Eduardo Azeredo . Ele é acusado pelos crimes de peculato - desvio de dinheiro público - e lavagem de dinheiro.
Para o Procurador existem elementos suficientes para afirmar que Azeredo teve participação direta, intensa e decisiva no desvio de R$3,5 milhões de empresas públicas mineiras em 1998. O caso teve a participação do publicitário Marcos Valério, já condenado e preso por seu envolvimento no mensalão petista. Agora, sua pena pode ser aumentada pela sua participação no mensalão dos tucanos.   
O acusado sustenta que é inocente e, disse que confia no Supremo Tribunal Federal "que decidirá ouvindo também as alegações da defesa". Vamos aguardar o julgamento pelo STF e, se ficar comprovada a acusação, Eduardo Azeredo  deverá ter o mesmo destino dos condenados pelo mensalão petista.

Postar um comentário