Objetivo


domingo, 16 de novembro de 2014

PRESOS ENVOLVIDOS NO ROUBO DA PETROBRAS

Renato Duque , ex-diretor de Serviços, continua
negando que recebeu e distribuiu propinas.
Depois do escândalo do Mensalão, que resultou na condenação e prisão  da cúpula do PT,banqueiros,empresários e outros políticos que apoiavam o governo Lula, agora, a sociedade brasileira está estarrecida com mais  este descalabro chamado Petrolão.
 São milhões e milhões de dólares roubados da maior empresa da América Latina, a Petrobras, transformada num balcão de negociatas para beneficiar o PT,PMDB e outros partidos de sustentação dos governos Lula e  Dilma.
Já foram presos três diretores da estatal,23 empresários presidentes e dirigentes das maiores empreiteiras do país,um doleiro ,e a perspectiva é que vários políticos corruptos também, sejam trancafiados na cadeia. Uma vergonha e um prejuízo inestimável para o Brasil, com sua mais importante empresa sendo dilapidada por esta gente.
Só no último dia 14 a Polícia Federal prendeu  altos executivos,entre eles três presidentes de grandes empreiteiras e o ex-diretor da Petrobras Renato Duque . Foram para a cadeia José Pinheiro Filho ( OAS),Ildefonso Colares Filho ( Queiroz Galvão)e Ricardo Pessoa ( UTC,este último apontado como o coordenador do "clube". Os presos da OAS : Agenor Franklin Magalhães Medeiros - diretor-presidente da área internacional de petróleo e gás;Mateus Coutinho de Sá Oliveira, vice-presidente do Conselho de Administração;José Ricardo Nogueira Breghirolli, funcionário;José Adelmário Pinheiro Filho,presidente e Alexandre Portela Barbosa, advogado. Da UTC :Walmir Pinheiro Santana , diretor-financeiro da UTC Participações , Edinaldo Alves da Silva - fazia o transporte dos recursos e Ricardo Ribeiro Pessoa,presidente, citado como o responsável pelo pagamento das propinas a funcionários públicos. Da ENGEVIX : Carlos Eduardo Strauch Alberto , diretor técnico e Newton Prado Junior,diretor técnico,Gerson Mello Almada,vice-presidente , apontado como  um dos principais responsáveis pelo cartel que fraudou a Petrobras. Da IESA : Otto Garrido Sparenberg , diretor de operações e Valdir Lima Carreira , diretor-presidente. Da QUEIROZ GALVÃO: Othon Zanoide de Morais Filho, diretor da Vital Engenharia, empresa do grupo e Hildefonso Colares Filho, diretor até 2012. Da CAMARGO CORREIA ; Eduardo Hermelino Leite, vice-presidente da Camargo Correia, Dalton dos Santos Avancini, diretor-presidente da Camargo Correia Construções e Participações, João Ricardo Auler,presidente do Conselho de Administração . Da MENDES JÚNIOR : Sergio Cunha Mendes, vice-presidente,estava sendo aguardada sua prisão.
OUTROS : Jayme Alves de Oliveira Filho, ligado ao doleiro Alberto Youssef; Adarico Negromonte Filho, irmão do ex-Ministro do Turismo Mário Negromonte;Carlos Alberto da Costa Silva, advogado que atua para empreiteiras; Fernando Soares, lobista , conhecido por Fernando Baiano,suspeito de ser o elo entre o PMDB e o esquema de corrupção da Petrobras. Até ontem, estava foragido,sendo procurado pela Interpol.
Segundo um delator o empreiteiro Ricardo Pessoa, presidente da UTC era uma espécie de coordenador do clube da propina. Tem ainda outras empresas envolvidas e, no decorrer dos depoimentos na Polícia Federal certamente outros nomes serão divulgados.
O que todos esperam é que também sejam divulgados os nomes dos políticos corruptos. Espera ainda a sociedade brasileira que todos  autores do roubo na Petrobras sejam  julgados , condenados e presos, além de devolverem o que surrupiaram.

Postar um comentário