Objetivo


sexta-feira, 28 de outubro de 2016

ROUBARAM O VITÓRIA NO MARACANÃ

Já é difícil para os times do Norte e Nordeste disputarem o Campeonato Brasileiro por terem menores estruturas e pouco dinheiro para contratar jogadores de alto nível. O jogo do Vitória contra o Fluminense hoje no Maracanã comprova também outra dificuldade de enfrentar os times do sul porque  na maioria das vezes somos prejudicados pela arbitragem . Hoje, escandalosamente o bandeirinha pernambucano informou ao confuso juiz Nielson Nogueira que o jogador do Vitória, Vitor Ramos, teria segurado o atacante do Fluminense dentro da área, aos 37 m do primeiro tempo ,quando a falta aconteceu a quase dois metros fora da linha da grande área. Foi uma vergonha que a televisão mostrou claramente  e exaustivamente. O mais grave é que o juiz estava bem perto do lance.
O Vitória abriu o placar com gol que Marcelo fez, após uma falta cobrada por Marinho , antes do penalti . Após a cobrança máxima pelo Flu o Vitória  esmoreceu e tomou o segundo gol já no finalzinho do primeiro tempo. Os rubro negros saíram de campo cabisbaixos , não deram entrevistas, e voltaram mais atentos ao jogo no segundo tempo. Marinho, como sempre carregou o time nas costas e foi ele quem fez o gol do empate.
O Vitória jogou mal, errando muitos passes e quase não pegou uma bola de rebote. O time agradeça a raça e a determinação de Marinho, que mais uma vez foi caçado em campo sofrendo inúmeras faltas e o juiz Nielson Nogueira não deu um cartão amarelo pela violência contra o jogador, que é o que mais sofre falta em todo o Campeonato Brasileiro. Felizmente, veio o empate no finalzinho do segundo tempo terminando em Vitória 2 x 2 Fluminense.
Postar um comentário