Objetivo


sábado, 29 de outubro de 2016

ABUSO DE AUTORIDADE,FORO PRIVILEGIADO E CAIXA 2

Renan e Jucá tramando contra a Lava-Jato.
A sociedade brasileira está enfrentando grandes dificuldades, com 12 milhões de desempregados, inflação alta, serviços públicos deteriorados,fruto do desgoverno de 13 anos dominado por uma esquerda enxovalhada pela corrupção.
Quase diariamente a Polícia Federal faz operações para prender ladrões e corruptos em todos os cantos do país. São prefeitos, vereadores, deputados, senadores , policiais  , empresários, doleiros, funcionários públicos e de estatais, marqueteiros,  etc. Enfim, são muitos corruptos que se apoderam dos cargos para roubar e assaltar os cofres públicos. São esquemas com estruturas nunca vistas em nosso país, com grandes empresas envolvidas e algumas criadas no exterior na tentativa de esconder o roubo.
Felizmente, uma força tarefa foi criada para combater os ladrões. Agora, corre o risco de ter suas ações paralisadas ou diminuídas, se vingar um tal projeto liderado por Renan Calheiros e que tem o Romero Jucá como  relator. Sob o falso mote que é para combater  o   abuso de autoridade, eles tramam contra a Lava-Jato. Se  fosse autoaplicável, o próprio Renan já seria o primeiro a ser enquadrado, antes mesmo do projeto sair do forno.
Federais recolhem maletas no Senado da polícia legislativa.
É a excrescência do foro privilegiado estendido para além
dos muros do Senado.
Este projeto engendrado nos corredores obscuros do Senado Federal é um atentado contra a República. É uma demonstração clara que o Parlamento brasileiro precisa de uma faxina para se livrar dos representantes da velha política, que só pensam neles, e em tirar vantagem do cargo.
 Basta ver como defendem com unhas e dentes o tal foro privilegiado que criou cidadãos de primeira e segunda classe. Os políticos têm foro privilegiado, e assim, roubam e cometem todo tipo de delito, e só podem ser investigados com ordem dos tribunais superiores.
Ai perguntamos: Quem escolhe e nomeia os membros dos tribunais superiores? Eles são escolhidos pelos mesmos políticos que gozam do tal  foro privilegiado, portanto, colocam lá pessoas confiáveis. Basta ver algumas decisões recentes de nossos tribunais.
Eleições  em São Paulo.PT derrotado  no primeiro turno.
Outro projeto que está sendo urdido nos corredores obscuros do Congresso Nacional é o que quer anistiar todos os políticos que praticaram Caixa 2, que é tipificado na Lei Eleitoral como crime. Sob o argumento de que este projeto visa criminalizar o Caixa 2, mas, que deve ser aplicável a partir do momento em que o projeto virar lei . Assim, dezenas de políticos corruptos que praticaram o Caixa 2, ficariam livres de serem processados. Esta é a verdadeira razão que move os congressistas a levar adiante este projeto.
A sociedade brasileira precisa voltar às ruas e protestar com força contra estes políticos.Eles já receberam um recado nas últimas eleições municipais quando o PT foi o partido que mais perdeu. Também, milhares de eleitores  anularam ou não votaram em ninguém numa clara demonstração de descontentamento com a política brasileira. Isto é perigoso para a nossa jovem democracia.
Postar um comentário