Objetivo


sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

TRUMP EMPOSSADO ENTRE APLAUSOS E PROTESTOS

O desfile do carro com Donald Trump,
vendo-se ao fundo o Capitólio
Finalmente, Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos e o mundo inteiro terá que conviver com ele pelo menos durante este primeiro mandato, que se estende por quatro anos, e pode ser reeleito por mais quatro. Tomou posse com um discurso semelhante aos outros que pronunciara durante a campanha cheio de conteúdo nacionalista, patriota, e sem a preocupação em estender a mão para os derrotados. Aliás, não citou nenhum dos ex-presidentes presentes e nem tampouco a candidata derrotada Hilary Clinton, do partido Democrata. Só foi citar o ex-presidente Clinton e sua esposa numa pequena fala durante o almoço oferecido aos convidados.
Um dos momentos que Trump e esposa saíram do
carro e andaram saudando os seus apoiadores.
Este é o Trump e todos que acompanham a política internacional tem a expectativa que vai criar muitos problemas com os países que mantém relações ou não. Seu jeito de falar e de se comportar diante dos problemas, enquanto for presidente dos Estados Unidos, é uma incógnita que começa a se desenrolar a partir de hoje. Não se espera gestos de bondade ou de muita civilidade porque ele tem um modo de ver o mundo diferente, voltado para a América. O seu patriotismo exacerbado foi um dos motivos que ganhou a eleição, obtendo apoio de uma maioria branca e pobre .
Enquanto  era empossado nos arredores do local da solenidade centenas de manifestantes queimavam lixeiras, vandalizavam carros e vitrines de lojas e bancos . A polícia reagiu com vigor, inclusive disparando  tiros com balas de borracha e lançando muito gás lacrimogênio e spray de pimenta para dispersar os vândalos. Foram presos quase cem manifestantes.Eles estavam vestidos de roupas pretas e rostos cobertos, e na realidade protestavam contra tudo.
Protestos violentos de radicais a poucas quadras de
onde estava acontecendo o desfile.
São pessoas que não aceitam o sistema de poder, de qualquer matiz, e assim, aproveitaram o momento para deixar sua marca de destruição pelas ruas de Washington. Eles marcaram o protesto através as redes sociais , e o modus operandi é semelhante ao que vemos aqui nos protestos de vandalismo perpetrados pelos Black Blogs.
Com um forte sistema de segurança Donald Trump desfilou por um corredor de policiais em toda a Avenida Pensilvânia, além de homens postados em todos os lados de seu carro. Por três vezes  saiu do carro para saudar as pessoas que enfrentavam o frio para vê-lo de perto e apoiar a sua posse. Nos locais onde haviam cartazes de protestos o carro acelerava um pouco e depois diminuía quando havia concentração de apoiadores do novo presidente dos Estados Unidos. Esperamos que ele faça um governo de união e de respeito aos valores básicos para uma boa convivência internacional.
Postar um comentário