Objetivo


domingo, 15 de maio de 2016

A DESORDEM NO TRÂNSITO PREVALECE EM SALVADOR


Esta foto foi feita no dia 12/5/2016 às 8,40, na rua onde funciona
 a padaria Pão & Mais , no bairro da Pituba. A descarga é feita no
leito da pista ocupando a calçada impedindo o trânsito de pedestres
.
A cidade está crescendo e com ela os serviços que são oferecidos por toda parte. Antigamente o baiano dizia vou ao comércio, e lá ia fazer suas compras na Rua Chile, Avenida Sete de Setembro, Baixa dos Sapateiros e na Cidade Baixa ( Comércio) . Atualmente, a atividade comercial está se infiltrando por toda parte da cidade como se fosse uma doença maligna .
Os bairros, antes ditos residenciais, estão sendo invadidos, às vezes silenciosamente, porque os sabidórios não colocam qualquer placa indicativa para burlar a Prefeitura e a fiscalização. Porém, é claro que é uma coisa combinada,  porque ao registrar uma empresa o empreendedor tem por obrigação fornecer um endereço fixo do negócio.
Aqui no bairro da Pituba tem vários exemplos de ruas estritamente residenciais uni domiciliares , conforme o PDDU - Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano , que estão sendo invadidas.É o caso, por exemplo, da rua Vale Cabral onde funcionam um estúdio e agência de publicidade, restaurante, escola para crianças de necessidades especiais,clínica psiquiátrica e, até mesmo está sendo construído um prédio de cinco andares !
Como este construtor conseguiu o alvará de construção, é uma interrogação que todos os moradores desta rua e, de outras das adjacências, ficam a perguntar. Só a Sucom para responder este "milagre".

TRANSTORNOS

Como as ruas não foram projetadas para receberem grande tráfego de veículos seus moradores sofrem muitos transtornos. Os  funcionários e clientes chegam com seus  carros e estacionam aleatoriamente de um lado e do outro das vias, além de coloca-los em cima das calçadas, e o que é mais grave  é que a Transalvador já foi chamada algumas vezes e nada fez.
Somado a isto, tem diariamente as operações de carga e descarga onde caminhões de cervejarias e refrigerantes, gás e de outras mercadorias estacionam impedindo a circulação de outros veículos. Não aparece um fiscal da Prefeitura. É uma desordem total, salve-se quem puder.
Sabemos que existe o decreto municipal nº 23-795,que foi promulgado há mais de um ano.Este decreto restringe estas operações entre 6 às 21 horas a poucas áreas da Cidade, e estes bairros residenciais e os periféricos não têm qualquer restrição ou controle.
Um exemplo é o trabalho de carga e descarga na padaria Pão & Mais , na Pituba, onde caminhões estacionam todos os dias em cima da calçada e abrem as portas dos baús dificultando, e até impedindo a passagem de pedestres e de outros veículos.
Postar um comentário