Objetivo


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

VIOLÊNCIA NO ESPÍRITO SANTO E RIO DE JANEIRO

Soldados do Exército prendem dois bandidos que
agiam em Vitória, no Espírito Santo.
Este clima de instabilidade e violência que estamos assistindo no Espírito Santo , Rio de Janeiro e em outras cidades brasileiras não contribuem em nada com a democracia.
Os radicais de esquerda que estão insuflando estas manifestações são conhecidos arautos do caos. Quanto pior melhor pra eles, já que não tem qualquer projeto de poder via democracia.  Visam apenas a  destruição e a anarquia. 

Assisti um vídeo onde um deputado muito exaltado insuflava ontem os policiais militares de Minas Gerais a cruzarem os braços.Portanto, ai está mais uma prova que existe por trás destes movimentos uma articulação a nível nacional.
Será que  estão mesmo precisando destes produtos?
Isto é roubo e as pessoas não podem ficar impunes.
Não podemos esquecer que anteontem o Congresso Nacional foi invadido por policiais de várias categorias que protestavam contra a Reforma da Previdência, que ainda nem começou a ser discutida. Todos sabem da necessidade de uma reforma da Previdência, mas,ninguém quer perder seus privilégios, por mais absurdos que sejam.
Isto porque tanto no Legislativo quando no Judiciário sabemos que existem casos extremos de abuso e privilégios .
 O pior é que até agora não se viu nenhuma movimentação para corrigir estas aberrações, só existentes em nosso país.

VIOLÊNCIA

O povo brasileiro vem acompanhando com preocupação este rastro de violência que começou com a crise nos presídios em Natal, no Rio Grande do Norte, onde morreram dezenas de presos em brigas entre facções que disputam o espaço pelo tráfico de drogas. Depois ocorreram outras rebeliões no Maranhão, São Paulo e Rio Grande do Sul.
Atualmente, a preocupação maior é no Espírito Santo onde os policiais estão em greve e a violência se espalhou por todo o Estado. Já morreram mais de 100 pessoas em menos de uma semana. As Forças Armadas foram convocadas juntamente com policiais da Força de Segurança Nacional que estão patrulhando as ruas e tentando colocar em ordem as cidades capixabas.
Homem filma com celular danos causados
pelos vândalos
O governo constituiu um grupo para negociar com as mulheres dos policiais, porque elas estão sendo usadas para camuflar a greve dos policiais militares.Na reunião elas pediram 100% de aumento e que nenhum policial fosse punido. Estas exigências demonstram que não querem negociar, desabafou um membro do grupo nomeado pelo governo estadual para negociar com as grevistas.
Na tarde de hoje um grupo de vândalos se infiltrou no meio dos funcionários da Cedae que protestava contra a privatização da empresa que está sendo discutida na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. Eles enfrentaram os policiais com fogos de artifício, pedras e paus, vandalizaram lojas, e chegaram a colocar fogo numa agência bancária. Os atos de vandalismo continuam. Eles, como sempre, cobrem os rostos com máscaras e camisetas.Até agora três policiais foram feridos com pedradas.


Postar um comentário