Objetivo


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

HOJE SERÁ ESCLHIDO O RELATOR DA LAVA-JATO


A homologação das 77 colaborações dos executivos da Odebrecht teve um final esperado por milhares de brasileiros que acompanham esta luta incansável para combater a corrupção em nosso país com a decisão da presidente do STF, ministra Carmem Lúcia de ela mesma homologar.
Hoje, estamos numa expectativa maior ainda que é a escolha daquele que vai herdar todos os processos que estavam nas mãos de Teori Zavascki, morto um acidente de avião.
A sessão começou com o julgamento do processo que vai determinar se uma autoridade que estiver na linha sucessória do Presidente da República poderá assumir se ele estiver na condição de réu de algum processo. 
Gilmar Mendes explicando porque pediu vistas
Este julgamento vem se arrastando no STF. Depois de alguns votos favoráveis a proibição de assumir o cargo o ministro Dias Tofolli tinha pedido vistas. Ao devolver, agora, foi o Gilmar Mendes que surpreendentemente , também pediu vistas.Com isto blindou Renan Calheiros que todo serelepe fez seu último e longo discurso elencando seus feitos à frente da Presidência do Senado.
 Isto depois de uma justa homenagem que fizeram ao ministro falecido,cabendo ao decano Celso de Mello falar em nome do STF. Já à noite este mesmo ministro rejeitou as liminares que pretendiam suspender e proibir a reeleição de Rodrigo Maia , para a presidência da Câmara Federal.
O Ministro Edson Fachim se colocou à disposição do STF para mudar da primeira para a segunda turma, e assim estaria apto a participar do sorteio. O perigo é exatamente este sorteio que pode cair nas mãos dos que são contra a Lava-Jato. Os ladrões estão esfregando as mãos.
Postar um comentário