Objetivo


quarta-feira, 30 de maio de 2012

POLÍTICA - BANALIZARAM A GREVE

OPINIÃO
Reynivaldo Brito
Foto Google

A greve é um instrumento legal e importante para o trabalhador e um direito constitucional. Mas, no Brasil temos a tendência para avacalhar tudo. Assim banalizaram a greve e ninguém toma conhecimento. A Justiça torna  a greve ilegal ou manda que os grevistas coloquem determinada quantidade de trabalhadores para atender à população, quando o serviço é essencial para a sociedade e nada acontece. Foto dos professores em greve .
 Veja o que os rodoviários fizeram recentemente. Simplesmente não cumpriram a determinação da Justiça para colocar 30% da frota nas ruas. Quase ninguém apareceu nas garagens e os poucos que apareceram foram quase que linchados pelos grevistas. Nesses casos a Justiça estipula uma multa diária ao sindicato responsável. Você tem conhecimento que algum sindicato tenha pago essas multas determinadas pela Justiça? Acredito que não, então tem que se mudar a legislação para  por exemplo, autorizar os patrões a descontar os dias parados das greves ilegais, contratar substitutos ou até mesmo terceirizar os tais serviços de mão de obra.
Os professores estão em greve há quase dois meses na Bahia,  o que pode inviabilizar o ano letivo. O Governo tem uma lei chamada de Lei da Responsabilidade Fiscal que coloca limites nos gastos para cada exercício. Acontece que os professores não querem saber de nada, os salários injustos e baixos que recebem, há muitos anos, estimulam a paralisação.
Pergunto, é justo o salário que recebe um professor na Bahia ou em quaisquer outros estado brasileiro? Claro que não. Os salários são realmente irrisórios pelo trabalho importante que realizam. Porém, nunca se deve criar um impasse como este, de quase dois meses sem aulas, porque quem perde são milhares de alunos pobres que estudam nas escolas públicas.
Dizem que a greve é efetiva justamente porque prejudica as pessoas, e assim mostra-se que é um instrumento forte e efetivo do trabalhador. Mas, certamente, tudo tem limite. Não podemos banalizar a greve. Veja nos noticiários dos jornais e da tv quantas greves estão acontecendo atualmente em nosso país. É um verdadeiro festival de greves.
Os professores do Estado levaram 115 dias em greve! Talvez a greve mais demorada na história da categoria. Dizem os professores que o Governador não cumpriu acordos assinados anteriormente e isto teria criado o impasse. Felizmente a greve acabou, mas deixou um prejuízo incalculável para os milhares de estudantes. É preciso bom senso e evitar esses impasses quase intransponíveis.
Postar um comentário