Objetivo


domingo, 13 de maio de 2012

POLÍTICA - MENSALEIROS E ALOPRADOS AGITADOS

OPINIÃO

O fisiologismo do partido que está no poder é tão vergonhoso e chulo que esqueceu seus princípios básicos a que foi criado. Vive agora enlameado, envolvido em escândalos e falcatruas com o mensalão José Dirceu, Erenice, Waldomiro Diniz, os aloprados, morte de Celso Daniel, fabricando falsos dossiês contra José Serra e outros políticos da oposição. Anda de mãos dadas com o que existe de pior na política deste país,  dois ex-presidentes, um que saiu sob impeachement e, outro, que caiu de páraquedas com a morte de Tancredo, além de dois senadores do PMDB, para citar apenas quatro.
Quando acuado pelas falcatruas que perpetua no cenário nacional os seus seguidores  atacam a imprensa e escolheram agora  o Procurador-Geral da República, Roberto  Gurgel como bode expiatório para  tentar desqualificá-lo, porque ele será o acusador contra os membros da quadrilha do mensalão.
Um deputado líder do governo faz um triste papel, que aliás, lhe cai como uma luva,  com um riso de quem debocha de todos brasileiros. Parece esculpido para exercer a função de porta voz das falcatruas. Tem um semblante do político que quer tirar vantagem em tudo. Desqualifica os que querem o julgamento justo da quadrilha do mensalão e vive a pregar ao vento como um verdadeiro Don Quixote às avessas. Ele finge desconhecer gravações,dezenas de testemunhas, relatórios da Polícia Federal e Ministério Público,enriquecimento e crescimento vertiginoso da Delta, que de uma pequena empresa, virou a 6ª maior construtora do país, a qual detém quase 80% das obras do PAC,dentre muitas outras evidências incontestáveis.
Agora os aloprados, mensaleiros e parceiros estão manipulando de todas as formas para controlar a CPI do Cachoeira. Fecham salas, transformam sessões que deveriam ser abertas em secretas,assumiram os principais postos na CPI e teimam em querer convocar o governador de Goiás e blindam o do Rio de Janeiro,  do PMDB, este partido que é hoje mais conhecido pelas suas ações de fisiologismo, sujando o passado  heróico criado por  Ulisses Guimarães. O governador carioca costuma não aparecer nas tragédias que acontecem em seu Estado como nos desabamentos do lixão e das cidades serranas, onde morreram dezenas de pessoas. Mas, gosta de bancar o gourmet ao lado do dono da Delta em suas viagens de recreio a Paris e outras capitais europeias, onde foi fotografado farreando. Procurado recentemente pelos jornalistas ele fugiu  pelas portas dos fundos ...
Na cabeça dos totalitários a idéia de uma imprensa livre incomoda. Como falsos pseudos arautos da esquerda imaginavam que toda imprensa estaria sempre do seu lado. Mero engano. A imprensa corre atrás da verdade revelando acertos e erros onde encontra. Os mentores da possível censura contra a imprensa não são mais os representantes da ditadura militar, agora são  governistas, a exemplo de um falcão tupiniquim cujo sobrenome me trás tristes recordações da guerra fria,quando os falcões americanos defendiam com unhas e dentes uma guerra contra a URSS e queriam jogar por lá bombas atômicas.


Postar um comentário